Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Sales Oliveira - SP
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAI
28
28 MAI 2021
Prefeitura promove ação contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes
enviar para um amigo
receba notícias


Entre todas as tragédias legadas pela pandemia do Coronavírus, o crescimento do número abusos contra crianças e adolescentes assusta.
Com meninos e meninas em casa por não haver aulas presenciais, o Brasil registrou aumento de 45% no número de denúncias no começo de 2020 em relação ao mesmo período de 2019, segundo dados do Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).
Nesta semana, a Prefeitura de Sales Oliveira realizou uma série de ações para lembrar o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, em 18 de maio.
Trata-se da lembrança de um dia de luta e mobilização, em que o Brasil se mobiliza para discutir, refletir e convocar a sociedade para tomar medidas concretas no enfrentamento e prevenção de todas as formas de violência contra crianças e adolescentes.
As principais ruas da cidade foram tomadas por uma caminhada que contou com representantes do Departamento de Assistência Social, do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e o Conselho Tutelar.
Foram distribuídos panfletos informativos sobre a campanha, além de semente de girassol. A flor amarela é o símbolo da campanha, devido a sua delicadeza e fragilidade, assim como são as crianças, que precisam de cuidado e carinho.
Durante este mês de maio, o Cristo Redentor na entrada da cidade recebe iluminação especial na cor laranja. O Maio Laranja, lembrado em todo o país, quer conscientizar, orientar e promover a prevenção contra qualquer tipo de abuso e violência sexual contra crianças e adolescentes.
A comunicação de denúncias de abuso é essencial para inibir a ação dos abusadores. A gestora da Assistência Social da Prefeitura, Roziani Aparecida Petruci Mantovani, acredita que a comunidade deve utilizar os meios à disposição para denunciar.
“Quem se omite também violenta – omissão é crime”, atesta. Segundo ela,  o combate à violência contra crianças e adolescentes passa necessariamente pelo envolvimento e participação da sociedade. “Não podemos nos calar e sermos indiferentes à dor do outro”, diz Roziani.

Convívio familiar
É dentro de casa que muitas vezes está o abusador, e em outras, ele faz parte do convívio familiar. Assim como crianças e adolescentes estão expostos e vulneráveis à violência o tempo todo, é preciso lembrar que a luta contra esse problema deve ser feita todos os dias.
O Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes está longe de ser uma celebração. Nos últimos 14 anos, o Brasil tirou do ar 340 mil sites de pornografia infantil.
É tempo de evidenciar assuntos que a sociedade não quer olhar. Precisamos romper com a cultura da violência e desenvolver a cultura da defesa dos direitos humanos em nosso país.
Serviço
Como denunciar casos de abuso
Conselho Tutelar – (16) 99969-5322
Disque 100

Como identificar que a criança está sofrendo abuso
Atenção aos sinais:
Mudança de comportamento – Alterações de humor, agressividade ou introspecção, vergonha excessiva medo ou pânico; rebeldia e ataques de raiva; comportamentos infantis que já abandonou anteriormente (chupar os dedos, por exemplo)
Problemas de saúde psicossomáticos – Enfermidades sem aparente causa clínica, como dores de cabeça, erupções na pele ou alterações gastrointestinais
Comportamentos sexuais – Interesse repentino por questões sexuais ou brincadeiras de cunho sexual, com palavras ou desenhos que se refiram às partes íntimas
Fonte: Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente

Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia