Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses realiza aula diferente para mostrar riscos de escorpiões


Daiana Pilotto falando aos alunos

O Departamento de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses foi até o Colégio Municipal José Coutinho Pereira na última sexta-feira (7), e realizou um trabalho educativo. Mostrou características dos escorpiões, físicas e comportamentais. O objetivo foi ensinar para os estudantes como reconhecer o animal e o quê fazer caso o encontrem.

As crianças entram na sala, sentam-se no chão e olham para a projeção. Quando veem o aquário com os bichos ficam eufóricos, mas logo são levados a se acomodarem novamente. Com uma aula diferente, aprendem a se defender e proteger suas famílias.

Durante a fala da responsável pela pasta, as crianças aprenderam que os aracnídeos possuem oito patas, são muito rápidos e vivem em locais quentes e úmidos. No frio, gostam de se esconder, e se acaso o chão for limpo com querosene saem do local incomodados com o cheiro.

Quando apareceram imagens na projeção, em coro, falavam sim e não sobre os terrenos que podiam conter escorpiões. Quando questionado sobre o que fazer quando encontrassem algum, responderam: “chamar o pai ou a mãe”.

Ao término da fala, no final da sala viram de perto os bichos. Entre expressões de medo, comentários de “nossa, ele é rápido” professores e alunos puderam retirar dúvidas que tinham do tema.

O trabalho deve continuar durante esta semana.

(Os escorpiões aos quais as crianças tiveram contato estavam mortos, sendo assim livres de veneno)

 Como evitar?
– Colocar tela nos ralos do banheiro e pias da cozinha;
– manter terrenos sempre limpos, livre de entulhos;
– manter as camas 10 centímetros longe da parede;
– lençóis e cobertas não devem entrar em contato com o chão.

Anterior Centenas de famílias de Sales Oliveira conhecem possível área de aquisição coletiva do ‘Nosso Bairro’
Próxima Rede protetiva municipal se reúne para discutir políticas públicas relacionadas à saúde mental infantojuvenil e desafio do campo

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *