Prefeito Dr. Edmar solicita à Câmara Municipal ‘Comenda da Ordem Municipal do Brasão’ para o padre Franco


Prefeito Dr. Edmar, o padre Franco e a primeira-dama, Renata

Em junho, missionário completa Jubileu de Ouro: 50 anos de ordenação sacerdotal, sendo 43 anos dedicados a Sales Oliveira

O prefeito Dr. Edmar Gomiero solicitou na última quarta-feira (10) à Câmara Municipal a concessão da “Comenda da Ordem Municipal do Brasão” ao senhor Francisco Milanésio, 75 anos, — padre Franco, como é conhecido carinhosamente por todos.

O objetivo da Administração Municipal é que a Casa de Lei conceda ao padre o título de Comendador: condecoração honorífica pelo seu Jubileu de Ouro, — 50 anos de ordenação Sacerdotal. Deste período, sendo 43 anos dedicados exclusivamente a Sales Oliveira.

“Este é apenas um pequeno gesto de gratidão da Administração Municipal, assim como de toda a população salense, pelos anos de serviço prestados ao nosso querido município, e pelo amor incondicional dedicado a inúmera geração de famílias salenses”, diz Dr. Edmar.

Segundo ele, o padre Franco é um símbolo de religiosidade no município e até na região. “Um homem bom, que tanto tem ajudado a nossa comunidade. A Igreja Católica em Sales Oliveira tem muito a agradecê-lo pelo amor dedicado à nossa cidade”.

O missionário nasceu em 3 de março de 1944, na cidade de Cervere, na região do Piemonte, província de Cuneo, Itália. Em 26 de junho de 1969, foi ordenado sacerdote na Paróquia de Cervere. À época, decidiu deixar a família e a sua pátria e sair em missão pelo mundo para evangelizar.

Em 1973 chegou ao Brasil, especificamente na Diocese de Franca. Então, foi imediatamente designado para a Paróquia São Jose de Orlândia. Apresentou-se em Sales Oliveira como pároco em 25 de abril de 1976 e permanece até os dias de hoje.

Além disso, Francisco Milanésio foi o primeiro padre do estado de São Paulo a receber e integrar o Caminho Neocatecumenal: caminho espiritual concreto de iniciação, renovação e valorização do sacramento batismal.

O pedido do prefeito foi feito embasado no artigo 22, da Lei Municipal Nº 510, de 1972. A comenda deverá ser constituída por medalha do brasão do município, esmaltada em cores ou fundida em mental fixada em lapela com cores municipais, acompanhada de diploma da ordem.

Anterior Fundo Social de Solidariedade realiza forró da melhor idade neste domingo (14)
Próxima Prefeitura realiza manutenção em áreas verdes da cidade

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *