História


Em 1899, os trilhos da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro chegaram ao local, em terras vendidas por 300 mil réis pelo lavrador José Pereira Lima, no município de Nuporanga, herdadas de Isaac Pereira Lima, na fazenda Pindaíbas. A estação foi construída entre as estacas 2.416 e 2.551 do ramal de Santa Rita do Paraíso.

001

Um ano depois, o tenente-coronel João Damasceno Pereira construiu uma casa comercial e um hotel, constituindo o núcleo inicial de uma povoação. Antes mesmo da inauguração, já havia se definido que o nome da estação seria Salles Oliveira, homenagem a Francisco Salles Oliveira Júnior, morto em 23/09/1899 e pai de Armando Salles Oliveira, Governador do Estado nos anos 1930, e também Presidente da Cia. Mogiana.

003

A população do povoado, porém, preferia o nome de Santa Rita, e então designaram para ela o nome de Santa Rita de Salles, enquanto a estação manteria o nome que a Mogiana havia dado. Em pouco tempo, o nome da estação se sobrepôs ao nome do povoado e se tornou oficial em dezembro de 1906, com a criação do Distrito de Paz.

005

Era, então, Distrito de Nuporanga, e posteriormente, a partir de 1909, de Orlândia. Sales Oliveira passou a Município em 1944, e instalado em 1º de janeiro de 1945.